Visita Virtual ao Museu do Canteiro

Quinta-feira, 14 de Maio de 2009

Exposição "Luzes de Pedra", patente até ao dia 1 de Junho

 

O Museu do Canteiro com o apoio do Instituto dos Museus e da Conservação, inaugurou no passado dia 4 de Abril, a exposição de Fotografias de José Pessoa “Luzes de Pedra. A Fotografia ao Serviço das Obras de Arte”. Esta exposição resulta de uma selecção de cerca de 90 fotografias do trabalho desenvolvido pelo fotógrafo José Pessoa, que há 36 anos se dedica à inventariação de obras de arte que fazem parte do património cultural português.

Responsável pela Divisão de Documentação Fotográfica do IMC (Instituto dos Museus e Conservação), José Pessoa elegeu para esta mostra o tema da pedra, «porque as nossas pedras são as mais desconhecidas dos portugueses, incluindo os historiadores de arte».
 
A exposição que estará patente no Museu do Canteiro até 1 de Junho, ocupa 5 salas temáticas que em termos históricos vão do Paleolítico Superior até meados do século XX. Entre elas o visitante explora a relação dos homens com a pedra, o seu uso e o seu papel na manifestação de sentimentos e artística. A exposição relata, sinteticamente, a forma como a pedra pode assumir funções diversas, de utensílio, símbolo religioso, afectivo e atributo de poder.
 
Assim, num primeiro espaço destinado a exposições temporárias destacam-se algumas peças do Paleolítico Superior (pontas de seta e de lança, espolio do Museu Nacional de Arqueologia) da Arte Egípcia (uma esfinge, um fragmento decorativo”O Olho de Hórus e uma estela” Império Novo, século XVIII, espólio do Museu Nacional de Arqueologia), Grega (um torso, século V a.C, espólio do Museu de Arte Antiga) e Romana (um eros infantil e um torso de Apolo, finais séc. I dC).
Num segundo espaço, para além da escultura Romana, do século I ao século IV dC, destacam-se as peças de Arte Islâmica do Museu de Évora e do Museu Nacional de Arqueologia, bem como da Idade Média Cristã.
Na antiga cozinha e tulhas do Solar dos Goulões, encontra-se representada a escultura da Escola Portuguesa do século XVI aC ao século XV aC, sobretudo destinada à arte funerária.
Finalmente, na última sala de exposição temporária encontram-se trabalhos de finais do século XIX até meados do século XX. A exposição termina precisamente com uma figura feminina da autoria de Jorge Vieira, de 1960, espólio do Museu do Chiado.

 
 
 
CCA às 10:14
link do post | comentar | favorito

+ informações

Museu do Canteiro

Para além da exposição permanente dedicada ao labor do canteiro o Museu também apresenta diversas exposições temporárias (relacionadas com a temática da pedra) durante o ano.
O Museu do Canteiro é tutelado pela Câmara Municipal de Castelo Branco e é gerido pela ALBIGEC (Empresa Municipal).
Encerrado à Segunda-feira e nos seguintes feriados: 1 de Janeiro, Domingo de Páscoa, 1 de Maio e 25 de Dezembro

Horário

Terça a Sexta 9:30 - 12:30 / 14:00 - 17:30 Sábado e Domingo 14:30 - 18:30

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
17
19
22
23
25
27
28
29
30
31

pesquisar

 

Pesquisa

Arquivo

Mudamos de morada para:

Actividades no Museu do C...

Dia do Pai no Museu do Ca...

Alguma fotografias da act...

Ateliê da Páscoa no Museu...

Links